20 maio 2016

10-dicas-faceis-para-decorar-o-quarto

Hellooo, mes enfants! Tudo bem?

Hoje o post é daqueles pra deixar a preguiça de lado, arregaçar as mangas e dar um up na decoração do seu quarto. Separei 10 ideias bem fáceis e baratinhas. Se você tiver alguma dúvida ou quiser saber mais sobre alguma das dicas é só deixar sua pergunta nos comentários que vou ter o maior prazer em responder.

1. Faça uma iluminação decorativa utilizando
luminárias de armário

Quer criar um efeito de iluminação decorativa gastando pouco e sem quebra-quebra? Instale uma prateleira fininha acima da cama e cole aquelas luzes de armário abaixo dela. Essas luzes são baratinhas, tem uma boa duração das pilhas e ainda evita a dor de cabeça com fiação. E pra ficar melhor ainda, você pode apoiar quadrinhos fofos na prateleira criando um visual descolado.

luminária-de-armário-decorando-cabeceira

2. Utilize um nicho de madeira como criado-mudo

Afixar um nicho de madeira ou MDF na parede ao lado da cama é uma ótima forma de ter um lugarzinho pra apoiar um abajur, o livro do momento e alguns enfeites, deixando o quarto ainda mais charmoso.

1 nicho-como-criado-mudo

3. Cole recortes de papel contact na parede e crie
uma decoração barata e exclusiva

Uma das formas mais fáceis e baratas de mudar a cara daquela parede sem graça: escolha uma forma geométrica (pode ser círculos, quadrados, triângulos ou outra), corte em tamanhos variados no papel contact de sua preferência e cole na parede criando uma padronagem exclusiva. O ambiente fica lindo!

page Continue lendo…



17 maio 2016

Fama?

Helloooooo, mes enfants!!

Tudo bem?

Vamos falar de um assunto sério e um tanto polêmico. Acompanho diversas blogueiras e youtubers, e tenho visto tanta coisa por aí que é bom tocar no assunto e pararmos para refletir.

Sei que o sonho de toda blogueira / youtuber é ser famosa, inclusive eu, não vou ser hipócrita. Mas será que somente a fama define mesmo uma blogueira?

Infelizmente, o que mais vemos por aí são blogueiras que depois de conseguirem sucesso esquecem suas origens e os assuntos que mais a fizeram chegar lá. Ser blogueira não é ter fama, ser blogueira é se preocupar com o seu público, ter frequência de postagens, ficar atenta ao que seu público mais gosta e atendê-lo sempre que possível. É ter qualidade de posts, e estar preocupada com a sua escrita.

Ir a eventos e largar seu blog ou canal sem conteúdo não te fazem uma blogueira profissional. Estar na correria e deixar programado somente os posts que você tem contrato, muito menos. Não é simplesmente acordar pela manhã e escrever a primeira coisa que lhe vem à mente, só pra não deixar seu blog sem atualização.

Acho que pelo receio de conseguir dar conta de todo esse comprometimento, eu por inúmeras vezes, larguei o blog abandonado. Perdi as contas de quantos posts tenho no “rascunho” simplesmente porque acho que falta algo e ele não está bom o suficiente para ir ao ar.

Ser blogueira é estar engajada sempre! É se propor a pesquisar, aprender e surpreender seu público a maior quantidade de vezes possível. É não abandoná-lo quando as coisas estão a mil por hora, mesmo que seja na parte profissional ou pessoal. Afinal de contas, quem te possibilitou a chegar onde você está?

Por hoje é isso, fica aqui a minha campanha: por blogueiras mais profissionais COM O SEU PÚBLICO!

E você, o que acha do assunto?

Beijinhos, beijinhos!



15 maio 2016

Madrinha de Casamento

Helloooo, mes enfants!

Tudo bem? Espero que sim!

Quando a gente chega no meados dos 20 é normal surgirem vários pedidos para sermos madrinhas ou padrinhos de casamento. Como diz meu marido “a gente percebe que tá ficando velho quando param de nos convidar para as festas de 15 anos e começam a nos convidar para os casamentos” hahaha. Logo ao receber o convite, a primeira reação é nos sentirmos lisonjeados e agradecidos por tal consideração, mas no dia seguinte já vem a grande pergunta “ai meu Deus, com que roupa eu vou?”

De certa forma, quando os convites já vem com algum dress code já facilita um pouco porque já temos um norte para seguir. Os casamentos com dress code são cada vez mais comuns; muitas vezes os noivos já definem as cores dos trajes de madrinhas e padrinhos, e em algumas outras  você já recebe o convite com a definição do traje completo. Mas e quando não há nenhuma exigência, que caminho seguir? Continue lendo…